CMU realiza primeira coletiva de imprensa do ano e apresenta nova composição de cargos

Na manhã desta quarta-feira (9), no plenário da Câmara Mnicipal de Ubá, foi realizada uma entrevista coletiva para apresentação dos servidores do Legislativo que irão trabalhar nos próximos dois anos e assuntos pertinentes ao funcionamento da CMU, na qual participaram os repórteres e jornalistas das Rádios Ubaense, Líder e Educadora, dos portais: WebTvUai e UbaNews e Jornal Ubaense Online e da Revista Uai.

Eles foram recepcionados pela mesa diretora do biênio 2019-2020: vereadores Jorge Custódio Gervásio (presidente), José Roberto Reis Filgueiras (vice-presidente), Joseli Anísio Pinto (secretário) e Luis Carlos Teixeira Ribeiro (2º secretário).

Também estavam presentes à mesa, os vereadores Antero Gomes de Aguiar, Darci Pires da Silva, Edeir Pacheco da Costa, Gilson Fazolla Filgueiras. E a vereadora Jane Cristina Lacerda Pinto, acompanhou do plenário.

O presidente do Legislativo, vereador Jorge Custódio Gervásio, anunciou os novos integrantes dos cargos de Direção Geral, Procuradoria Jurídica e Diretoria da Escola do Legislativo, ficando estabelecido da seguinte forma: a diretora Geral do Legislativo é a servidora efetiva, Ariadna Zonta Rodrigues, o novo procurador Jurídico é o advogado Leandro Rodrigues Bouzada, e o novo diretor da Escola do Legislativo é o professor Juliano Nascimento Peixoto Guimarães.

POSTO DE IDENTIFICAÇÃO

A mesa diretora também abordou os assuntos voltados para a reforma da sede do Poder Legislativo e o atendimento do Posto de Identificação da Polícia Civil que funciona no Centro de Atenção ao Cidadão (CAC) da Câmara Municipal de Ubá.

Jorge explicou que o posto de identificação da Polícia Civil funciona no CAC, desde 2016, fruto de uma parceria entre o presidente à época, Samuel Gazolla Lima, com a Polícia Civil e a Secretaria de Segurança Pública. “Enfrentamos alguns problemas para essa implantação, devido o sistema não funcionar da melhor forma, estando fora do Departamento de Polícia Civil, além da necessidade de ter um policial disponível para segurança do local”, esclareceu.

O presidente destacou também que o atendimento para emissão de carteira de identidade retornará para a sede da Polícia Civil, no período de 14 a 25 de janeiro de 2019. “Estamos aguardando apenas a publicação do convênio entre a Polícia Civil e a Câmara. Para isso o Legislativo irá emprestar os equipamentos que são utilizados na identificação, e poderemos também ceder funcionário para auxiliar nas atividades”, disse.

REFORMA DA SEDE DO PODER LEGISLATIVO

Jorge fez também um breve relato sobre o planejamento de reforma da sede do Poder Legislativo. “Precisamos de fazer adequações no telhado devido a rachaduras e vazamentos nas calhas prejudicando as salas do segundo pavimento que com as fortes chuvas ficam inundadas. O prédio possui inúmeras rachaduras em torno de suas vigas, para sanar esse problema estamos realizando uma parceria com a Prefeitura para que sua equipe de engenheiros possa verificar o impacto dessas falhas. Como elas estão entorno das vigas e algumas são extensas elas nos causam preocupação”, contou.

O presidente comentou também que são necessárias adequações no piso, na rampa de acesso ao segundo andar. “O piso dilata, e frequentemente levanta uma carreira de cerâmicas. Fica perigoso para qualquer funcionário ou popular que utiliza nossas dependências. A rampa possui uma cobertura de policarbonato sem nenhuma ventilação. Essa cobertura em dias de calor promove uma estufa que torna impossível a utilização. Essa cobertura provoca um excesso de calor em todo o prédio”, descreveu.

Sobre o portão da garagem a mesa diretora o considera como obra emergencial. “O portão da garagem foi fixado em uma parede fora da coluna. Esta parede está completamente solta e cada vez que o portão é acionado a parede se movimenta. Hoje encaramos essa manutenção com urgência, pois, corre o risco eminente de cair e pode ocasionar um desastre. Nós da mesa diretora pretendemos trabalhar como uma equipe que irá zelar pelo patrimônio da população. Iremos promover adequações fundamentais com responsabilidade e transparência”, destacou Jorge.

O presidente também destacou que também será realizada a reforma dos banheiros para adaptações de acessibilidade.  “A Câmara é falha na questão de acessibilidade. Para corrigir esse erro, precisamos realizar algumas adequações, entre elas, os banheiros que não estão adaptados a portadores de necessidades especiais. Existe um ressalto na entrada, não possui adaptação a cadeirantes, não existe identificação para auxiliar deficientes visuais. Nós da mesa diretora pretendemos trabalhar como uma equipe que irá zelar pelo patrimônio da população. Iremos promover adequações fundamentais com responsabilidade e transparência”, assegurou.

A imprensa abordou os assuntos referentes à nova legislatura e também entrevistou os novos servidores da Câmara Municipal de Ubá e a diretora geral que é servidora efetiva da Casa. E no encerramento, o presidente agradeceu a presença da imprensa e pontou que: “A única coisa que diferencia o presidente dos demais vereadores é a responsabilidade de administrar esta Casa com justiça, retidão, de modo imparcial e com zelo pelos recursos públicos, buscando fazer a Câmara cada vez mais respeitada. Para isso, buscarei os bons exemplos da presidente Rosângela Alfenas, que conduziu os trabalhos sempre com serenidade e equilíbrio e a quem parabenizo, com os vereadores Edeir Pacheco e Darci Pires da Silva. Agradeço os votos que recebi e buscarei a cada dia continuar a merecer”, concluiu.

 

 

 

 

 

 

 

 

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados