Câmara Municipal apoia o Movimento Maio Amarelo

Foi realizado na manhã desta sexta-feira (25), no plenário do Legislativo Ubaense, o 1º Encontro Municipal “Maio Amarelo – Nós somos o trânsito”. O evento foi promovido pela Prefeitura de Ubá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Gerência Regional de Saúde e a Superintendência Regional de Ensino e apoio da Câmara Municipal de Ubá.

O Movimento Maio Amarelo tem o objetivo de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito em todo o mundo. O tema propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e traz reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, sejam, caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.

Compuseram a mesa do encontro o prefeito de Ubá, Edson Teixeira Filho, o diretor da Gerência Regional de Saúde (GRS) de Ubá, Reginaldo Furtado, a presidente da Câmara Municipal de Ubá, vereadora Rosângela Maria Alfenas de Andrade, o assessor de gabinete da Superintendência Regional de Ensino, Élder Strôppa, a tenente da Polícia Militar, Ariane Ramos, representando o comandante do 21º Batalhão da Polícia Militar, a secretária Municipal de Saúde, Dulcinéa Thinassi Perini, e a secretária Municipal de Educação, Maria Elizabeth Barros.

A presidente da Câmara, vereadora Rosângela Maria Alfenas de Andrade, ressaltou a importância do respeito e da ordem no trânsito. “Sejamos condutores, passageiros, pedestres ou ciclistas, somos todos chamados a dar a nossa contribuição para que o tráfego de pessoas, veículos e mercadorias flua com normalidade e, principalmente, haja educação, respeito e ordem no trânsito, independente do nosso meio de locomoção. O trânsito muitas vezes, fere, causa danos e até mortes, infelizmente”, destacou.

Rosângela também contou a sua experiência como administradora do hospital Santa Isabel, para onde é levada diariamente a imensa maioria das vítimas dos acidentes de trânsito. “São, na maioria, jovens, mas há, também, crianças, adultos e idosos. Não há exclusividade etária, embora a maioria seja jovem conduzindo motocicleta. Mas há também ciclistas, pedestres, passageiros, condutores, pessoas que se ferem com gravidade e, além do infortúnio de fraturas e feridas, por si só lastimáveis, ficam incapacitadas de trabalhar e de produzir, prejudicando empresas, familiares e colegas de trabalho, que se sobrecarregam. Portanto, são bem-vindas as ações que visem a lançar novas luzes sobre a participação de cada um na solução dos problemas do trânsito”, enfatizou.

O prefeito de Ubá, Edson Teixeira Filho, enfatizou a importância de se realizar melhorias de infraestrutura na cidade. “Apresentamos, no início do nosso mandato, projetos para melhoria das entradas da nossa cidade. Recuperar o anel viário é um dos projetos. Outro exemplo é a construção de uma rodovia que saísse próxima à Colônia Padre Damião, que começasse em Ligação e terminasse na estrada de Rodeiro. Esta rodovia evitaria inúmeros problemas devidos ao acúmulo de veículos pesados para transporte de mercadorias que circulam em Ubá e na região, mas caímos num vazio, pois, não temos recursos financeiros para a realização das obras. Enquanto isso, vamos realizando as melhorias no trânsito na cidade”, disse.   

Após os pronunciamentos das autoridades foram realizadas as seguintes palestras: a primeira, ficou a cargo do responsável pela Referência Técnica Regional “Vida no Trânsito” da GRS/Ubá, Franklin Leandro Neto, com o tema: Contextualização do Projeto Vida no Trânsito, Maio Amarelo e o Perfil Morbi-Mortalidade, relacionados ao trânsito no Estado de Minas Gerais. O coordenador do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), Thiago Wendt Antunes, abordou o tema: A influência do trabalho em acidentes de trânsito”. E no encerramento, a secretária de Saúde de Ubá, Dulcinéa Thinassi, apresentou as ações realizadas pelo município de Ubá, na temática do Maio Amarelo.

 

 

 

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados