Autoridades do município discutem segurança pública em Ubá

A presidente da Câmara Municipal de Ubá, vereadora Rosângela Maria Alfenas de Andrade representou o Poder Legislativo, no 1º Seminário de Segurança Pública, promovido, em 14 de junho, pela Agência de Desenvolvimento de Ubá e Região (Adubar), em parceria com a Faculdade Governador Ozanam Coelho (Fagoc), a Prefeitura Municipal de Ubá e a Unimed Ubá, no auditório Ary Barroso, da Fagoc.

O evento propôs um debate com autoridades dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário de Ubá, além de empresários do comércio e indústrias da cidade para que possam, juntos, desenvolver ações que contribuam com a redução da violência na região.

Além do debate e elaboração de pacto para a segurança pública, a programação contou com a palestra: “A Segurança Pública no Brasil Tem Jeito”, ministrada pelo Doutor em Sociologia, ex-secretário adjunto de Segurança de MG, professor da Puc Minas, Luiz Flávio Sapori. No encerramento, as autoridades assinaram uma carta de intenções para a segurança pública em Ubá. As informações contidas neste documento serão analisadas em uma reunião agendada para 29 de Junho de 2018, no Fórum Desembargador Câncio Prazeres - Salão do Júri, com os respectivos representantes da mesa diretora desse seminário.

Além da presidente da Câmara, Rosângela Alfenas e do palestrante Luiz Flávio, integraram a mesa diretora do encontro as seguintes autoridades: o prefeito de Ubá, Edson Teixeira Filho, o juiz da Vara Criminal Infância e Juventude e Execução Penal, Nilo Marques Martins Júnior, a promotora de Justiça, Letícia Vidal Tróccoli Guerra de Oliveira, a defensora Pública, Paula Ávila Dantas Brúnner, o comandante do 21º Batalhão de Polícia Militar, Tenente-coronel PM, Giovani do Carmo Ramos, o comandante da 2ª Companhia/ 4º Batalhão de Bombeiro Militar, capitão Patrick Tavares Gomes, o diretor Geral do Presídio de Ubá, Alexandre Henrique Ferrari, o presidente da Adubar, Rafael Lucas Bousada, o superintendente acadêmico, professor Marcelo Daibert, representando a direção da Fagoc e o delegado de Polícia Civil Bruno Salles Mattos, representando o delegado regional.

Também participaram, secretários municipais, bem como, representantes de entidades de classe, de bairros, estudantes e cidadãos que desempenham um papel social na comunidade.

Segundo a presidente da Câmara, vereadora Rosângela Maria Alfenas de Andrade, é preciso urgentemente tomar iniciativas que garantam a segurança dos ubaenses e da população brasileira: “A sensação de falta de segurança aflige hoje toda a nossa sociedade. Este seminário é muito importante por ser uma junção de forças, uma vez que ninguém faz nada sozinho. A responsabilidade não é somente das Polícias Militar, Civil e do Judiciário, e, sim, de todos nós, começando dentro de nossa casa, no seio de nossa família. Por isso, acredito que, apenas se estivermos juntos e em sintonia, poderemos fazer algo para melhorar a situação”, destacou.

O palestrante Luiz Flávio Sapori apresentou em sua palestra, dados estatísticos sobre a violência no Brasil e defendeu: “O desafio do Brasil é adotar nos próximos anos uma política de segurança pública concreta. Para isto, é necessário ter vontade política do próximo governante do país, ter dinheiro para investir em uma série de projetos para melhorar a capacidade de investigação das polícias Militar e Civil, melhorar o sistema prisional e investir na prevenção social focado na juventude. Tomando estas medidas conseguiremos reduzir a impunidade no Brasil”, concluiu.

 

registrado em:
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis. Os comentários são moderados